Formas de gerar mais leads para o seu negócio

Manter um movimento constante de conteúdo e informações é fundamental para manter sua empresa funcionando em um ambiente competitivo. Para isso, gastamos uma grande quantidade de recursos em campanhas de marketing, criação e gestão de novos conteúdos.

Todos nós temos um objetivo em comum: gerar novos leads e convertê-los em venda para nossas empresas.

Traçar um plano de marketing criativo e eficaz para gerar tráfego no seu site e, assim, convertê-los em leads, não é uma tarefa tão fácil. Mas, calma. Darei algumas dicas de ouro que te ajudarão a ter uma visão melhor do Marketing Digital.

Leia também: Como vender mais e de forma simples?

A forma mais eficaz de atrair visitantes para o seu site e transformá-los em clientes, é colocando em prática uma metodologia consistente. Isso é o que chamamos de Inbound Marketing.

Aplicando essa técnica, os visitantes poderão encontrar conteúdo relevante sobre sua empresa e produtos por meio de blog, motores de busca e mídias sociais.

Com um conteúdo criado especificamente para um determinado objetivo, você pode atrair novos visitantes qualificados, e criar confiança e credibilidade no seu negócio.

Em primeiro lugar, você precisa gerar tráfego de novos visitantes em seu site.

A boa performance desses indicadores de visitas é fundamental para o crescimento do seu negócio. E, para ter sucesso nessa parte, é necessário estruturar alguns elementos na sua estratégia de Inbound Marketing.

1. Site com design atrativo

Seu site é como um cartão de visita. Os visitantes precisam sentir-se compelidos pelo conteúdo atrativo para que possam ter interesse pela navegação em suas páginas.

Podemos afirmar, com segurança, que o seu site é o primeiro bom atendimento que você deve prestar a esse potencial lead. Para isso, é necessário que ele possua um design atrativo.

A experiência de navegação deve ser agradável de maneira a envolver o visitante.

As cores, as imagens, os vídeos… tudo isso favorece para que você converta visitantes estranhos, em pessoas interessadas e possíveis leads para a sua empresa.

Outro fator importante para o site, é o conteúdo de blog apresentado, que deve ser original e contribuir para o enriquecimento cultural do visitante. Ter um blog com conteúdo relevante sobre seus serviços e produtos, atualizado constantemente, é tão importante quanto qualquer campanha de Marketing Digital. O mundo digital revolucionou as estratégias de marketing, e esse item é o que mais contribuiu para essa revolução.

Outro recurso interessante para o seu site, é a possibilidade de interagir em tempo real com os seus visitantes. Isso dá vida ao site, torna-o mais dinâmico e atrativo ao usuário.

A Zoho Corp tem uma solução que entrega esse resultado! Para saber mais, clique aqui e conheça.

2. O importante é ter conteúdo

O termo conteúdo é rei não é um exagero quando se trata de estar bem posicionado nos mecanismos de buscas e de gerar uma autoridade sobre o assunto relevante em relação ao seu produto ou serviço. Mas, não se trata de qualquer conteúdo, mas de um conteúdo de qualidade.

Um conteúdo de qualidade melhora, e muito, a imagem do seu negócio.

Confira algumas dicas para tornar o seu conteúdo mais interessante e qualificado:

  • Produza um conteúdo original, de sua autoria;
  • Utilize imagens e vídeos para manter o público envolvido com sua publicação;
  • Produza um conteúdo simples, objetivo e de fácil compreensão;
  • Formate o conteúdo de maneira adequada para facilitar a leitura;
  • Aborde temas direcionados ao seu público alvo;
  • Produza um conteúdo que seja acessível às plataformas de mídias sociais (Facebook, Twitter, LinkedIn, Google+, entre outras).

3. Blogs úteis e eficazes para solução de problemas dos leitores

O blog é uma ferramenta poderosíssima para gerar tráfego e o interesse do seu público alvo. Mas, o que a maioria das pessoas querem fazer na internet é resolver seus problemas e adquirir novos conhecimentos.

Blogar com o objetivo de ajudar pessoas a resolverem seus problemas reais é uma boa sacada para gerar autoridade a sua empresa sobre determinados assuntos. Essa autoridade pode potencializar o seu funil de vendas com muitos leads.

Algumas dicas para blogar com qualidade:

  • Seja empático na escolha e desenvolvimento do conteúdo a ser produzido para o blog;
  • Seja prático;
  • Seja simples;
  • Solucione dúvidas e ofereça soluções para resolução de problemas reais dos usuários, do seu público alvo.

4. Otimização do seu site em SEO (Search Engine Optimization)

Para quem não sabe, SEO (Search Engine Optimization), ou otimização dos mecanismos de busca, são técnicas adotadas para sua empresa ficar bem ranqueada nas buscas do Google.

Essa otimização envolve uma série de critérios para que sua empresa possa ser rankeada pelo Google. Abaixo, algumas ações que você precisa realizar para melhorar o posicionamento de sua empresa em relação ao SEO:

  • Seja frequente na produção e postagem de conteúdo no blog da empresa;
  • Desenvolva conteúdos originais;
  • Estabeleça semântica nos códigos das páginas de conteúdo (títulos, URLs, cabeçalhos e tags das imagens);
  • Produza conteúdos ricos em imagens e outras mídias (vídeos, infográficos, entre outros);
  • Produza conteúdos e poste no Google+.

5. Realizações de webinars

Quem não quer aprender algo novo, gratuitamente, do conforto de sua mesa?

Webinars são extremamente eficazes para gerar engajamento. Com as soluções que você fornece, fortalece a autoridade de sua empresa no assunto, e ainda por cima, consegue gerar muitos leads para ela.

Óbvio que esse processo de conversão, de expectador a leads, leva tempo. Mas, a forma como o seu cliente potencial encara o seu negócio, depois de aprender com você, é gratificante e pode ser muito lucrativo.

Para seu webinar ter sucesso, você precisa de 02 elementos fundamentais:

Tópico

Você precisa definir o conteúdo e a forma como ele será abordado de acordo com o perfil do seu público alvo. Isso é fundamental para as pessoas não saírem “correndo” do seu webinar.

É importante também interagir com seus expectadores, fazendo com que eles participem, respondendo a perguntas e enviando mensagens em tempo real.

Palestrante

Não adianta preparar um bom conteúdo e uma estratégia matadora se o palestrante não souber envolver os participantes por meio da entonação de voz, linguajar adequado, entre outros.

É importante empenhar esforços para que o Webinar seja interativo e dinâmico, assim, é mais fácil cativar e manter a atenção dos participantes.

6. Presença em mídias sociais

Estar presente e ativo nas redes sociais passou a ser obrigatório para as empresas gerarem influência e atraírem interesse de novos visitantes para o seu site. Para cada uma das redes sociais, é necessário um tipo de abordagem específico.

Facebook

O Facebook é extremamente eficaz quando você especifica o seu público alvo baseado no comportamento de compra e também em outros fatores sociais, como a idade, ou nos interesses mapeados pela própria rede, como pessoas que gostam de pagode, rock, entre outras preferências.

Twitter

O Twitter permite você segmentar uma base de seguidores e, mesmo com uma limitação de caracteres, uma vez que os seguidores clicam em sua postagem, você pode exibir um formulário de cadastro preenchido automaticamente com o nome e e-mail do usuário.

LinkedIn

É uma rede social especificamente direcionada a empresas e empregados. Ao postar algo, é possível segmentar sua postagem para ramos e cargos desejados.

Google+

O Google+ ajuda a reunir pessoas com interesses em comum por meio de grupos e debates sobre determinados assuntos. Publicar conteúdos no Google+ é muito interessante, já que você pode se tornar um grande influenciador.

A Zoho tem uma solução de Gestão de Brands poderosa. Conheça o Zoho Social!

Um abraço e boas vendas!

Geração mercado mobile, o novo modelo de negócios

Para as empresas que desejam crescer, o mercado mobile é uma boa oportunidade. Deste modo, é fundamental que o profissional esteja preparado para diversos tipos de sistemas profissionais.

Apesar de não ser uma área nova no Brasil, nos últimos dez anos, esse mercado vem se desenvolvendo devido ao aumento dos smartphones e aplicativos. Diante disso, muitos empreendedores têm encontrado na mobilidade, a oportunidade de garantir o crescimento profissional.

Conforme alguns levantamentos, no Brasil, o setor cresceu de 53%, em 2013, para 90%, em 2015, conforme a Sociomantic, empresa alemã de soluções de mídia programática.

Outro fator que chama a atenção é que 79% do tráfego da internet ocorre nos dispositivos móveis. O valor gasto no “m-commerce” cresceu de R$ 13.2 bilhões, em 2014, para R$ 27.3 bilhões, em 2015.

Diante disso, é possível entender como o consumidor se tornou mobile. Deste modo, as marcas precisam acompanhar esta mudança se desejam estar conectadas com este tipo de mercado.

Para entrar nesse meio competitivo, é preciso investir no marketing mobile. Por isso, é preciso observar que o consumidor tem a resposta em relação aos lançamentos de forma muito mais rápida. Graças as ações via mobile, é possível conquistar esse público e ainda ter informações de como agir no meio.

Leia também: Entenda como o CRM é fundamental na relação com o cliente.

Para aqueles que ainda apresentam algumas dúvidas, veja alguns motivos para investir no mercado mobile:

Custos menores

Quando é feita uma comparação com investimento e retorno, é notório que ocorre a redução de custos. Isto acontece, pois, se levarmos em consideração outros meios de marketing ou canais de divulgação, o investimento é muito menor, já que é utilizado apenas um aplicativo para a empresa, enquanto, para outros canais, são necessárias outras ferramentas.

Maior acesso

Conforme dados apresentados acima, é notório como as compras de smartphones estão crescendo. Como consequência, o acesso por dispositivo móvel está superando o computador de mesa. Inclusive, em alguns estados, esses números já foram superados e, conforme previsão, é possível que até 2018, o acesso pelo celular seja até 11 vezes maior.

Melhor experiência

O uso do aplicativo permite facilitar a vida do consumidor. Por meio da ferramenta, o cliente pode comprar, ver ofertas, conferir notícias, e até mesmo fazer check-in no estabelecimento. Com o sufoco do dia a dia, é natural que os aplicativos ofereçam um maior engajamento.

Em todo caso, o website e o “m site” precisam manter a qualidade, pois, caso o usuário observe algum problema na navegação da plataforma, é possível que ele não faça uma nova compra mobile.

É comum que muitos usuários troquem o desktop pelo smartphone. Portanto, é importante que as empresas de e-commerce invistam em sites, além de adaptar a linguagem dos dispositivos móveis. Para dar certo, é preciso que as lojas virtuais sejam de sites responsivos.

Um site responsivo apresenta todos os itens reduzidos e isto facilita o acesso. Aliado a isso, é necessário fazer um conteúdo de marketing específico para o segmento.

Investir em ações que prendam o usuário, como a gamificação, ou uso de aplicativos integrados, com ações em canais sociais, pode fazer com que o consumir concretize a compra via mobile.

Aplicativos também são ferramentas de diversão

Os aplicativos, além de serem úteis, também proporcionam diversão. Em algum momento do dia, é natural passar o tempo em um jogo, já que ele também funciona como ferramenta de entretenimento. Isso pode ser utilizado em seus negócios já que, inserindo entretenimento, torna-se mais fácil a conquista de seus usuários.

O app também pode funcionar em outros aspectos, como: trazer visibilidade e criar um relacionamento com o cliente, além de aumentar os seus canais de venda. Tudo isto de modo fácil e rápido.

Leia também: Como vender mais e de forma simples?

Como consequência, o mercado mobile é crescente e deve estar entre o seu planejamento de negócios, principalmente, para as empresas que tem uma visão de e-commerce no futuro.